Os 10 tipos de sapatos que não podem faltar no seu guarda-roupa

Por mais tentador que seja comprar muitos pares, alguns tipos de sapatos são essenciais para o guarda-roupas, pois servem bem em diferentes ocasiões e podem combinar com mais de uma composição. Assim você não sofre com falta de opções para seus looks.

Basicamente, existem algumas peças clássicas e outras consideradas curinga. Vamos apresentar dez modelos que podem suprir suas necessidades, tanto em eventos formais quanto naqueles que pedem uma composição mais despojada. Acompanhe!

1. Scarpin preto

Os clássicos scarpins são obrigatórios para qualquer armário. Esse modelo elegante possui bico fino e salto entre 4 cm e 10 cm, características que os tornam versáteis em diferentes ocasiões e roupas, deixando a composição mais sensual.

A regra para o scarpin é simples: se não for muito alto, pode ser usado também no trabalho.

2. Sapatilha

Perfeitas para o dia a dia as sapatilhas são confortáveis e combinam com diferentes estilos. Podem ser usadas com shorts, saias, vestidos, calça, macacão e outras peças. Quem usa com frequência deve apostar em tons neutros, como branco, preto e bege. Outros modelos diferenciados, com detalhes e cores mais fortes, proporcionam um charme a mais ao visual.

3. Peep toe

O peep toe é o modelo com uma pequena abertura na frente, que deixa a ponta dos dedos à mostra. A vantagem desse calçado é que ele ajuda a passar uma imagem de pernas mais longas. Podem ser usados tanto em festas, como no trabalho ou na faculdade. Casam bem com saias e calças, principalmente os tons nude.

4. Meia pata

É semelhante ao scarpin, mas tem uma característica fácil para diferenciá-lo. Trata-se de uma elevação no solado, na parte da frente, que contrabalanceia com o salto. Por ter um salto muito alto, a meia pata é mais indicada para festas e ocasiões mais despojadas.

5. Tênis

Além de serem ideais para práticas esportivas ou malhação, os modelos esportivos também podem ser usados no cotidiano. São mais descontraídos e casuais, daí a obrigatoriedade de se ter pelo menos um par. Dê preferência para os mais leves e modernos.

6. Ankle boot

São as botas sem cano ou com cano baixo, na altura do tornozelo, daí o nome, já que “ankle” é tornozelo em inglês. É uma botinha que proporciona um visual diferente e bem elaborado. Dê preferência aos tons terrosos ou camurça, que são coringas e vão combinar com jeans, saias e outras peças.

7. Rasteirinha

Nos dias quentes pedem uma opção mais confortável e aberta, as sandálias rasteirinhas. Feitas em couro e com detalhes em amarras, pedrarias, strass e outros materiais, elas combinam bem com saias, vestidos longos, shorts etc.

8. Mocassim

O mocassim é um calçado que deixa aquele look simples mais elegante. Por ser um modelo tradicional do guarda-roupas masculino, há uma necessidade de combiná-lo com peças mais delicadas e acessórios, como anéis, brincos e colares para proporcionar um bom contraste. Também casa bem com casacos, saias, shorts, vestidos.

9. Sandália salto médio

Ideal para o ambiente de trabalho que exige looks mais formais, mas que ao mesmo tempo faça você se sentir confortável. As sandálias desse tipo apresentam um estilo elegante e não cansam muito, como os modelos com salto agulha, por exemplo.

10. Sandália “única”

Sandália única é aquele modelo mais trabalhado, mais “glamuroso”, que saia um pouco do convencional e que poderá ser usado em ocasiões mais especiais. Pode ser um modelo com salto, pedras, com cores vibrantes, como dourado ou prata e rico em detalhes. A sugestão aqui é optar por algo de bom gosto, que será o destaque da composição.

Procure sempre diversificar e se sentir bem consigo mesma, independente do calçado, e preze sempre pelo seu conforto. Afinal, não são todos os tipos de sapatos que agradam a todas as pessoas.

Agora que você já conhece os modelos, descubra como comprar sapatos sem cometer erros e arrasar ainda mais. Leia este post sobre o assunto e acerte sempre nas compras!

Facebook Comments