Maquiagem para pele oleosa: como usar de forma correta

“Como fazer maquiagem para pele oleosa?” — essa é uma pergunta corriqueira no dia a dia de muitas brasileiras. Afinal, seja por questões hormonais, o clima do lugar onde vivem ou simplesmente herança genética, diversas mulheres têm essa característica e precisam aprender a lidar com todos os desafios que ela acarreta: produção elevada de sebo, poros mais abertos, brilho recorrente na face etc.

Por isso, é crucial não só apostar em produtos corretos, mas saber como aplicá-los, preparar adequadamente a face e por aí vai. Por essa razão, reuni algumas dicas simples e bastante úteis para ajudá-la com essa tarefa e garantir uma make sempre perfeita e duradoura. Acompanhe!

Faça uma boa preparação da pele

A primeira dica é bem simples: antes de se maquiar, prepare adequadamente a sua pele — um hábito válido para qualquer horário do dia! Ou seja, higienize ela para remover tanto o excesso de sebo quanto qualquer impureza, hidratá-la e aplicar o seu protetor solar diário. Afinal, ninguém quer manchas por conta da exposição excessiva (e descuidada) ao sol, não é mesmo?

Apenas depois de todo esse processo, você deve iniciar a sua make. Assim, a aderência dos produtos na sua pele será maior e as chances dos poros ficarem abertos ou obstruídos se torna relativamente menor.

Tenha produtos adequados para o seu tipo de pele

Fora a preparação adequada da face, lembre-se de comprar, seja virtualmente, seja presencialmente, somente produtos indicados para maquiagem para pele oleosa, os chamados oil free (sem óleo, em português). Afinal de contas, quem tem essa característica não deve usar os mesmos itens que alguém que tem a cútis seca, por exemplo, pois a oleosidade pode aumentar (e muito!) por conta da formulação deles.

Logo, o ideal é que você esteja sempre atenta às indicações de tipo de pele nos rótulos dos produtos. Além disso, ao escolher a sua base, opte por uma versão matte, que não só tem a característica que citei há pouco, como também ajuda a controlar o brilho e a deixar o seu rosto mais aveludado.

Evite espalhar a maquiagem com os dedos

Ao aplicar base, corretivo ou qualquer outro item que seja no seu rosto, jamais espalhe ele com os dedos. Isso porque essa ação não garante uma cobertura uniforme em toda a pele, podendo concentrar uma parte maior da maquiagem em uma determinada área — algo que, esteticamente falando, não vai ser nada agradável.

Para completar, a fricção dos dedos na epiderme pode estimular a produção da oleosidade, mesmo que você tenha higienizado-a há pouco tempo. Por outro lado, a tradicional e popular esponjinha é capaz de absorver esse óleo e misturá-lo com o produto, o que vai afetar a aderência e o aspecto dele.

Por isso, a melhor opção é utilizar um pincel, já que as cerdas espalham adequadamente tanto líquidos quanto pós e geram um menor desperdício.

Use o pó para selar a maquiagem para pele oleosa

Depois de passar todos os produtos da sua preferência, não deixe de finalizar a sua produção aplicando o pó para selar a maquiagem. O motivo disso é que ele cria uma camada extra sobre a cútis que bloqueia a oleosidade e contribui para reduzir o brilho, deixando o visual mais natural e bonito.

Dessa maneira, você prolonga a duração do make, o que é ótimo para quem tem um compromisso atrás do outro e está sempre ocupada. Uma sugestão é utilizar o pó matificante, que é a versão mais apropriada para peles oleosas.

Invista em lenços removedores de oleosidade

Outra dica útil é investir em um kit de lenços removedores de oleosidade — que são facilmente encontrados em qualquer farmácia — e deixá-los sempre disponíveis na necessaire que você leva consigo no dia a dia para o trabalho, faculdade, balada, compromissos etc.

Práticos de usar, eles vão ajudá-la a conter aquele brilho indesejável na pele que aparece justamente por conta da produção de sebo da cútis que não para. 

Assim, você não fica com o rosto brilhoso e o principal: não precisa refazer a maquiagem. Maravilha, né? Ah, uma dica importante: na hora de usá-lo, nada de esfregá-lo ou pressioná-lo contra a face, pois isso pode remover um ou mais produtos e causar falhas na make e, inclusive, provocar irritações, deixando a área avermelhada.

Saiba que retocar pode, sim, ser preciso

Como nem tudo na vida são flores, é preciso que você realmente conheça como é o seu tipo de pele. Digo isso, porque muitas mulheres têm a epiderme oleosa acima do nível normal.

Como resultado, a quantidade de sebo é intensa e mesmo a melhor maquiagem do mundo não dura mais do que algumas horas, precisando ser retocada duas ou mais vezes ao longo do dia — algo que é ainda mais necessário se você mora em cidades quentes, já que, além da oleosidade, haverá outro probleminha para lidar: o suor.

Por isso, se esse for o seu caso, é uma boa se acostumar e estar sempre preparada para caprichar no retoque. Para tanto, é fundamental ter base, pó, blush e afins sempre dentro da sua necessaire, certo? 

Nunca esqueça de retirar a maquiagem antes de dormir

Por fim, a gente sabe que depois de um dia puxado e para lá de cansativo, tudo o que queremos é chegar em casa e descansar, não é verdade? No entanto, nunca deite para dormir com a maquiagem ainda no rosto!

Removê-la completamente é necessário não só para retirar as impurezas, mas principalmente para não deixar os poros obstruídos. Do contrário, esse mau hábito pode estimular o surgimento de espinhas, gerar manchas e até mesmo provocar dermatites graves que deverão ser tratadas com o acompanhamento de um médico dermatologista.

Seguindo as dicas que reuni sobre maquiagem para pele oleosa, você vai aprender a escolher os produtos certos e, de quebra, fazê-la durar mais, deixá-la com um aspecto mais natural e não esquecer os cuidados necessários com a sua face para ficar sempre linda e deslumbrante aonde quer que vá!

E se você quer mais sugestões e truques simples sobre make, vestuário e afins, já sabe: siga a gente no Twitter e no Facebook!

Facebook Comments