Compras na China: saiba por que fugir desse comércio online

Existem vários sites de venda chineses que oferecem inúmeros produtos: roupas, acessórios, sapatos, maquiagem, artigos eletrônicos e uma infinidade de itens. Muitos brasileiros realizam compras na China atraídos principalmente pelo preço baixo dos produtos e uma vasta variedade.

Entretanto, existem vários motivos para evitar esse tipo de comércio online. Você sabe quais são? No post de hoje, vamos explicar as razões que fazem as compras na China serem extremamente desvantajosas. Vamos lá? Boa leitura! 

Produtos de baixa qualidade

Como já mencionamos, a característica mais marcante dos sites de venda chineses são os preços baixos. Mas é preciso estar em alerta, afinal, o que parece ser uma vantagem, na verdade, influencia diretamente na qualidade dos produtos ofertados. Eles são feitos de materiais de baixa qualidade, quebram à toa e muitas vezes são bem diferentes do que foi prometido no anúncio. 

Mão de obra escrava

A qualidade inferior dos materiais utilizados não é o único fator que torna a produção dos produtos mais barata. Na China, as leis trabalhistas são menos rígidas e isso abre brechas para que pessoas sofram com condições precárias de trabalho.

Isso significa que o produto que você está comprando pode ter sido feito por meio da exploração de mão de obra escrava. Certamente você não quer incentivar e nem fazer parte de um processo que usa esse tipo de prática, certo?

Política de trocas praticamente inexistente

Imagine que um produto da China chegue na sua casa com defeito, o que você faz? As políticas de troca e reembolso até existem, mas são muito mais complicadas. Não por acaso, existem muitas reclamações na internet sobre os problemas que são enfrentados na hora de trocar o produto ou pedir devolução de dinheiro.

Muitas vezes, por conta da demora da troca ou até mesmo pelo preço baixo da mercadoria, as pessoas acabam desistindo de exigir os seus direitos e acabam aceitando o prejuízo. 

Falsificação de marcas

As marcas falsificadas são outro grande problema de fazer compras na China. Algumas vezes, os anúncios são levemente modificados para tentar enganar os visitantes. Funciona assim: em vez de escreverem Melissa, eles escrevem “Melisa”. 

Essa técnica é utilizada para atrair os consumidores que, por pressa ou por falta de atenção, pensam que estão comprando uma marca e, na verdade, estão adquirindo um produto falsificado. Em outros casos, eles se aproveitam indevidamente e publicam a identidade visual e o nome real da marca no anúncio para venderem os produtos falsos. 

Anúncios enganosos

E a fraude pode não ficar só na logo das marcas, você também pode ser enganado de outras formas. A manipulação das fotos inseridas no anúncio, é um exemplo clássico. Um vestido que aparenta ser realmente maravilhoso, repleto de detalhes e brilhos, provavelmente vai chegar muito diferente na sua casa. 

Entrega muito demorada

Muitas vezes, os fretes são disponibilizados gratuitamente, mas a entrega é sempre demorada. Afinal, o produto está vindo de um país que está a mais de 15 mil quilômetros de distância. Mesmo que você não tenha pressa em ter o produto, é normal se sentir desconfortável com a demora. 

É muito comum ver pessoas na internet questionando se algum site chinês realmente realiza as entregas dos produtos. É um medo natural quando se compra em lojas virtuais duvidosas. Por isso, é essencial buscar sites de confiança para fazer as suas compras online

Quebra de produtos durante a viagem

A longa distância atrapalha também nesse quesito. Turbulências, mar revolto, estradas em condições péssimas: seu produto vai viajar por céu, terra e mar para chegar até você. Por conta disso, depois de meses de espera, pode ser que o produto chegue quebrado, amassado ou danificado na sua casa. 

Dificuldade com a política de reembolso

Como você sabe, todo comércio online precisa reembolsar o cliente caso o produto entregue seja diferente do que foi comprado ou mesmo em caso de arrependimento. Entretanto, isso pode ser extremamente burocrático e demorado quando se trata de compras na China. 

Será necessário acessar a plataforma para abrir uma disputa com o vendedor, e a empresa responsável pela intermediação vai analisar o caso. Caso o seu pedido seja justo, eles provavelmente vão disponibilizar um crédito no valor correspondente. 

Produtos raramente chegam no tamanho certo

Comprar roupas ou sapatos na China é um grande problema. Para começar, os padrões para tamanhos de roupa e calçados varia em cada país. Sendo assim, você precisa realizar a conversão para descobrir qual é o seu tamanho de acordo com a tabela da China. 

Além disso, como você sabe, os tamanhos podem variar de acordo com a marca do produto. Isso significa que, ainda assim, você pode receber o tamanho errado e, como já vimos, realizar a troca não vai ser nada fácil e pode demorar muitos meses. 

Problemas com a alfândega brasileira

Quando você compra um produto de outro país, antes de chegar até a sua casa, ele precisa passar pela alfândega e pode ficar preso por lá muito tempo até que seja liberado. É muito provável que o produto demore menos tempo indo da China para a alfândega brasileira, do que indo da alfândega para a sua casa.

Suporte em outro idioma

Ter acesso ao suporte e tirar dúvidas sobre o processo de entrega ou produto também pode ser desafiador, a não ser que você saiba falar em chinês ou, na melhor das hipóteses, inglês.

Muitas vezes o vendedor não fala inglês e está se comunicando com a ajuda do Google Translator ou outra ferramenta de tradução online. O resultado é uma comunicação confusa, pouco esclarecedora e que pode gerar vários tipos de problemas. 

Apesar da péssima fama dos sites de venda chineses, a China, assim como todos os países, também tem ótimas empresas e produtos. Entretanto, como destacamos no post, infelizmente, os sites mais famosos do país apresentam diversos tipos de problemas, que vão desde a qualidade dos produtos até dificuldades com a entrega. Sendo assim, para evitar dor de cabeça, é melhor fugir das compras na China e dar preferência aos produtos fabricados no Brasil. 

Gostou deste conteúdo? Aqui no blog sempre produzimos artigos sobre moda, comportamento e compras online. Assine a nossa newsletter para não perder nenhum post! 

Facebook Comments